Novo consistório em fevereiro para eleição de Novos Cardeais.

Está previsto para Fevereiro de 2014 um Consistório para a criação de novos cardeais, segundo a agência católica francesa “I-Media”. Um encontro especifico para discutir com os purpurados a reforma da Cúria Romana, que segundo a expectativa de vaticanistas, ainda não acabou.

Atualmente existem na Cúria três prelados que ocupam postos normalmente de função exercida por cardeal. São eles o Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, Gerhard Ludwig Müller, seguido do novo Prefeito da Congrecação para o Clero, dom Beniamino Stella, e o Secretário de Estado, dom Pietro Parolin.

Os três certamente serão criados cardeais neste Consistório juntamente com outros onze de vagas que estão disponíveis por ocasião de limite de idade de oitenta anos dos cardeais anteriores, limite para participar de votação em um eventual Conclave.
Até a criação dos novos cardeais no Consistório marcado para 19 e 20 de Fevereiro, o Conselho dos cardeais encarregados de estudar a reforma da Cúria se reunirá por três ocasiões.
A lista estará disponível ao Papa Francisco nos próximos meses após a reorganização da Cúria Romana em alguns organismos da Santa Sé. Os critérios que serão adotados por Franscisco não foram mensionados, sabe-se, contudo, que tal como os dois Prefeitos da Cúria e o Secretário mensionados, há também alguns arcebispos de sedes consideradas tradicionalmente de ” cardinalícias”, como por exemplo, Turin e Veneza, na Itália.

Papa o Brasil é tão esperada criação do arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, como novo cardeal. Em agradecimento ao arcebispo, por acasião do exito da Jornada Mundial da Juventude, o Papa Francisco referiu-se a dom Orani como “cardeal” em seu pronunciamento no final da missa de envio, indicando o titulo a ser recebido pelo arcebispo do Rio de Janeiro.

Discreto, em Belém do Pará, durante visita a arquidiocese paraense, no Círio de Nazaré na última semana, dom Orani afirmou não saber de nada sobre tornar-se cardeal. “Já me nomearam para Roma para uma congregação romana e tudo mais. Até hoje eu não sei de nada, não sei se o Papa sabe de alguma coisa também. Acho que vale muito mais o carinho das pessoas, que agradeço muito. Mas estou muito bem, feliz de viver como arcebispo do Rio, podendo servir aquele povo do Rio de Janeiro, do Brasil todo”, declarou aos jornalistas locais. (JS/Com agências)
Fonte: portalecclesia.com
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s