Como não ser um Teólogo Herege?

24Venho escrevendo muitos sobre as crises interna da Igreja, e coloco como fator principal a falta de obediência e a soberba de leigos e clérigos, e hoje não será diferente abordarei a forma difundida de se fazer teologia, principalmente aqui no Brasil que é o cenário que eu tenho mais contato.

Qual é a função do teólogo católico? São duas:

  • Primeira: pesquisar doutrinas e tudo que se liga as questões de fé buscando descobertas do campo da teologia em geral.
  • Segunda: Transmitir toda a doutrina ensinada desde sempre pela Igreja através do seu magistério.

A primeira função Hoje é desenvolvida em termos, porém mal desenvolvida principalmente pelas bases filosóficas muitas vezes usadas, como por exemplo, o marxismo, totalmente contrária a fé cristã, a junção desse pensamento filosófico com a teologia pastoral e da doutrina social deu origem a Teologia da libertação, amplamente difundida e ainda defendida pelo ex Padre Leonardo Boff; a pesquisa teológica não esta fechada para as concepções individuais, porém ela não pode ser ensinada por teólogo algum sem antes ter a aprovação eclesial; geralmente esta reflexão é levada ao bispo, e em ultima estância ao magistério competente em Roma, podemos então afirmar que o erro teológico de Boff foram dois aqui explicito, o primeiro não ter aguardado a aprovação pontifica para o ensino de sua reflexão pessoal sobre a Teologia da Libertação, e segundo a desobediência após ele ter sido chamado atenção pelos erros em sua teologia, feito pela congregação para doutrina da fé, em síntese o Teólogo tem toda liberdade de desenvolver sua teologia, e suas reflexões, porem deve ter prudência ao analisar seus aspectos doutrinários para não ir em sentido oposto o ensinado pela Igreja, afinal esses teólogos não carregam a apenas o título de “Teólogo” mas de “Teólogo Católico” se és um teólogo católico deve obediência a fonte de toda teologia, a Igreja, aqui não se trata a de limitar o horizonte teológico do pesquisador, mas sim dar-lhe a consciência que ele não ensina uma doutrina dele, não esta em posse de uma matéria que por ele mesmo se responsabiliza, mas trata de um conhecimento eclesiástico desenvolvido e guardado pela Igreja, no qual o teólogo católico enquanto ensina tem a árdua responsabilidade de responder em nome da Igreja.

A segunda opção esta intrinsecamente ligada à primeira no que concerne ao ensino, assim como para refletir e desenvolver uma doutrina teológica o teólogo é livre, porém para ensinar não, ele deve se certificar da posição da Igreja e ensinar aquilo que lhe é próprio do deposito da fé, se sua reflexão tiver sido aceita como fiel ao deposito da fé, ai sim poderá ser ensinada,o teólogo tem de ensinar aquilo que a Igreja ensina, podendo resumir na palavra “VERDADE” o teólogo não tem que endoçar ou “arranjar” palavras para expor a verdade; por si mesma a verdade é auto intuitiva e convincente. O teólogo encarregado do ensino transmite a fé/verdade através das formas permitidas pela Igreja, mas sem invenção ou introduções pessoais, é claro que é livre para adaptar sua forma de ensino e a linguagem adequada, mas não colocar achismos como verdades, o teólogo fiel é aquele que aponta para cátedra de Pedro, ou seja, ensina o que a Igreja ensina, é óbvio que em um grupo de estudos em um ambiente mais informal é válido as discussões e debates sobre suas convicções pessoais, porém no âmbito acadêmico eclesiástico é necessária e obrigatória a obediência a Roma.

A teologia esta sendo usada nas faculdades como campo de mina para a doutrina católica, a fé católica esta sendo pisoteada, pela falta de compreensão sobre o que teologia católica, e por falta de punições reais sobre isso, hoje aqui na América latina não é difícil ver o grau de desobediência que chegamos, e o ultimo expoente disso foi o ex Padre Beto, excomungado pelos seus ensinos completamente deturpados, e heréticos, em suas homilias e entrevista como padre. O relativismo sobre o certo e errado no âmbito da teologia esta levando a pesquisa ao campo protestante, onde as doutrinas se confundem entre tantas concepções ensinadas, hoje até mesmo nos seminários e faculdades católicas devem ser colocados lado a lado os documentos eclesiais e as doutrinas expostas pelos professores, para conferir a veracidade do ensino, triste realidade de um país tão católico e tão ignorante na fé, aos que desejam ser fiéis por muitas vezes compensa mil vezes ser autodidata.

Autor: Pedro Henrique Alves

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s