Monthly Archives: Setembro 2014

Proibido ser hétero!

09Homo + Fobia (Homem ou humano “subentende-se que se dirija também a homossexuais, mas creio que não seja o sentido primário e semântico da palavra” + medo), Homofobia = medo do homem.

Gostaria de analisar filosoficamente esta nominação moderna para a descriminação de homossexuais ou agressão aos mesmos. Antes de mais nada gostaria de dizer que sou contra a qualquer tipo de descriminação, creio que seja algo vil, além de irracional, e de coisas que se aproximam da irracionalidade eu me afasto com veemência. Continuar a ler

Anúncios

O dia em que o Papa chorou. Testemunho de um Padre condenado pelo Comunismo.

06

Papa Francisco, chorando com Padre Ernest Simoni, ao final de seu testemunho.

Eu especialmente, a muito tempo, venho alertando o quanto posso a população brasileira, para a verdadeira armadilha em qual cairemos se não fizermos nada na politica atual, dos males horripilantes que o comunismo traz, e como a religião, principalmente a cristã é vista como inimiga da ideologia marxista/comunista, como filósofo fui ensinado a destacar minha racionalidade, a impor a mim mesmo o discurso baseado Continuar a ler

Utopias, argumentos e outras falácias do socialismo.

02O grande estandarte argumentativo dos comunistas depois da década de 90 foi que o verdadeiro socialismo/comunismo nunca tinha sido verdadeiramente testado; óbvio que este argumento visa afastar do nome socialismo todos os fracassos desde a União Soviética, Alemanha, Camboja e Vietnã, tentando também apagar todos seus crimes como a nefasta guerra de Mao Tse, ou do ditador topetudo da Coreia do Norte. Continuar a ler

Dos 25 países que mais perseguem os cristãos, 18 são muçulmanos.

A organização internacional Portas Abertas publicou a lista dos países em que os cristãos foram mais perseguidos em 2011. Encabeçada por um país comunista, a Coreia do Norte, a lista revela, entretanto, que os maiores algozes do cristianismo têm sido os países islâmicos. Somente dois países latinoamericanos freqüentam a lista, Colômbia e Cuba, por razões diversas. A lista ainda não contempla o tipo de perseguição que se verifica nos países ocidentais, a de matriz secularista.

Vamos à primeira parte da lista: Continuar a ler

Teologia da Libertação? Eu te explico.

113Alguns de meus amigos, e leitores dos blogs para qual escrevo, me pediram um artigo explicando o porque a TL (Teologia da Libertação) não é aceita pela Igreja, e quais os seu males, eu confesso que demorei para “soltar” este artigo, não por falta de provas, na verdade, não precisa de muito para constatar seus erros, mas demorei pois, tive algumas palestras, e hangouts para realizar. Mas vamos parar de justificativas, e vamos logo para o tema, para melhor compreensão dividirei o artigo em pequenos capítulos. Continuar a ler

Eu vos explico a teologia da Libertação.

111Resumo: O Cardeal Joseph Ratzinger, hoje Papa Bento XVI, quando Prefeito da S. Congregação para a Doutrina da Fé, escreveu uma exposição sobre a Teologia da Libertação em sua forma extremada, em 18/03/84; partindo das respectivas premissas e realçando os conceitos característicos do sistema, o autor mostra que a Teologia da Libertação não trata apenas de desenvolver a ética social cristã em vista da situação sócio-econômica da América Latina, mas revolve todos as concepções do Cristianismo: doutrina da fé, constituição da igreja, Liturgia, catequese, opções morais, etc. É de crer que “a gravidade da Teologia da Continuar a ler

Democracia Vazia.

01Pego me questionando, depois de ler Platão, Aristóteles, Thomas Moore, Karl Marx, Chesterton e outros, o que é uma verdadeira democracia, Talvez para o estagirita e para Platão isso estava mais no âmbito da polis tão sonhada com o reino dos filósofos, Thomas Moore estava mais perdido em sua ilha imaginária, Chesterton, previa um Estado com bases sólidas em valores cristãos imutáveis, e Marx via um meio termo de Utopia de Thomas e uma igualdade de sua própria utopia do proletário, seja como for, estes pensadores idealizaram sua forma de democracia, mas verifique que o quase sinônimo de democracia é a liberdade; mas para Karl Marx e Thomas Moore não, para ambos a liberdade pode e deve ser suprimida pela igualdade, a igualdade se torna o deus velado destes seus sistemas. Mas no que isso acarreta? Veremos.

Não há democracia no Brasil, eu não há vejo, pois para mim a democracia consiste em haver sempre dois lados da moeda a serem postas ou contra-postas, hoje todos discursos políticos se resumem em defesas ideológicas de esquerda, até o capitalismo que sempre foi, um sistema econômico, aqui no Brasil virou uma ideologia social; os antigos, desde Atenas, até Roma, que não era nada democrática, sempre valorizou o debate, bem verdade que muitas vezes banhado a sangue; na idade média por vezes as praças se lotavam para ver debates religiosos, da Igreja com hereges, como se este fosse evento principal do mês. Desafio você ser liberal no Brasil, sem ganhar um rótulo de fascista, ou de opressor, desafio você ousar criticar Marx em uma universidade de humanas. Debata, e veja se a democracia paira sobre nosso país, ouse ser alguém que conteste o governo, ou Karl Marx, te redicularizaram, ou te dirão: ” você não viveu o regime militar”, como se eu tivesse escolhido os militares.

Talvez falte-nos o que nunca deixou de ser essencial ao ser humano, liberdade, na ditadura militar matavam pessoas para calar ideias, hoje matam ideias para calar as pessoas, afinal qual a tão aclamada, evolução social no país?

 

Autor: Pedro Henrique Alves