Category Archives: Maria

Nossa Senhora, espelho da Perfeição Divina. Maria Imaculada, Mãe de Deus.

Imagem

Sobre a Imaculada Conceição de Maria, no Livro de Gênesis Deus diz a serpente algo importante: “colocarei inimizades entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. E ela mesma te esmagará a cabeça” (Gen 3, 15). Esse texto profético tem grande importância, nele, Deus afirma que colocará inimizade completa e perfeita entre a serpente a mulher.  Mas quem é essa mulher? Jesus aponta para ela quando diz nas Bodas de Caná “mulher, por que dizes isto a mim? Minha hora ainda não chegou” (São João 2, 4), e no Calvário quando Jesus  viu sua Mãe e perto dela o Discípulo que amava, disse a sua Mãe “mulher eis aí o teu filho” (São João 19, 26). As Sagradas Escrituras nos mostram que ela é reverenciada: “o perfume de tuas vestes, é como o perfume do Líbano” (Cant. dos Cânticos 4, 1)… “exalam vossas vestes perfume de mirra, aloés e incenso;  do palácio de marfim os sons das liras vos deleitam” (Salmo  44, 9). As Sagradas Escrituras confirmam os Ensinamentos da Santa Igreja, e afirma que ela é verdadeiramente Mãe de Deus, o Profeta Isaías escreveu: “ portanto,  o mesmo Senhor vos dará um sinal, eis que uma virgem  conceberá e dará a luz um filho, e será o seu nome Emanuel, que significa Deus conosco” (Is  7, 14), claramente o profeta declara que o filho da virgem será Divino, portanto, a maternidade da Virgem também é divina, o que a faz ser Mãe de Deus.  O Arcanjo Gabriel disse:  “ o Santo que há de nascer de ti será chamado de Filho de Deus (Lc 1, 35), se Ele é o Filho de Deus,  Ele também é Deus e, Maria é a sua Mãe, portanto, Maria é Mãe de Deus.

Cheia do Espírito Santo,  Santa Isabel saldou Maria dizendo:  “ Donde me vem a honra de vir a mim a Mãe do meu Senhor?” (Lc 1, 43). São Paulo também escreveu: “Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou o seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei” (Gal . 4, 4), São Paulo claramente afirma que uma mulher foi a Mãe do Filho de Deus, portanto, Ela é a Mãe de Deus.

O Dogma da Imaculada Conceição também possui bases Bíblicas, as Sagradas Escrituras nos deixam  claro que Maria possui o Coração Imaculado.  Nos Livro de Cânticos, capítulo 4 versículo 12, nos mostra que Ela é de ponte selada, ou seja, uma exceção: “És um jardim fechado, minha irmã, minha esposa, uma nascente fechada, uma ponte selada”  (Cânticos 4, 12).. “Porém, já veio Cristo, Sumo Sacerdote dos bens vindouros. E através de um tabernáculo mais excelente e mais perfeito, não construído por mãos humanas (isto é, não deste mundo)” (Hebreus 9, 11). O Anjo Gabriel ao saldar Maria diz: “ Ave cheia de graça, o Senhor é Contigo” (Lc 1, 28),  o Anjo se dirigiu a Maria usando o termo “cheia de graça”, que originalmente foi escrito em grego e de onde foi escrito o Evangelho de São Lucas, com a palavra  kaire, “Kekaritomeni”, palavra que significa que foi desde sempre, que ainda é, e que continua sendo Cheia de Graça, ou seja, alguém que é, que foi, e que para sempre será Cheia de Graça, e evidentemente possui um Coração Imaculado. Por isso a Santa Igreja tem como Verdade de Fé que Maria Santíssima foi assunta aos Céus, pois nela o Senhor não encontra mácula alguma em seu coração, ela foi preservada do pecado original e por isso não padeceu, pois está escrito em Romanos 6, 26 “porque o salário do pecado é a morte, enquanto o dom de Deus é a Vida Eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.”  Se Maria é cheia de graça e Cheia do Espírito Santo, como poderia ser maculada se Jesus habitou em seu seio?  

Alguns para se oporem ao Imaculado Coração de Maria, citam no Evangelho de São Lucas 1, 47 onde Maria diz: “meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador”, nesse versículo Maria não diz que está em pecado ou que possui culpas, mas ela reconhece a sua natureza humana e que não possui poderes para subir aos Céus sozinha, assim como Cristo fez. Isso não impede dela ser assunta aos Céus, assunção significa que ela foi transportada aos Céu, por isso a Igreja sempre usou “Assunta aos Céus”, diferente de Nosso Senhor Jesus que é o único que poderia subir sozinhos aos Céus, ou seja, subir por Ascensão. Por esses motivos e por outros podemos dizer: Maria Santíssima, rogai por nós.

Autor: Rafael Mant.

Anúncios

A Mais Antiga Oração Dirigida A Maria Datada Do Ano 250 d.C

A verdade dos fatos testifica que a interseção dos santos é crida desde as épocas mais remotas da Igreja. Apresentamos então aos leitores a mais antiga oração dirigida a virgem Maria que é preservada até os dias de hoje (fato que não é muito novo):

Este manuscrito em traz:

ΥΠΟ ΤΗΝ ΣΗΝ ΕΥΣΠΛΑΓΧΝΙΑΝ  ΚΑΤΑΦΕΥΓΟΜΕΝ ΘΕΟΤΟΚΕ. ΤΑΣ ΗΜΩΝ ΙΚΕΣΙΑΣ ΜΗ ΠΑΡΙΔΗΣ ΕΝ ΠΕΡΙΣΤΑΣΕΙ, ΑΛΛ’ ΕΚ ΚΙΝΔΥΝΩΝ ΛΥΤΡΩΣΑΙ ΗΜΑΣ, ΜΟΝΗ ΑΓΝΗ, ΜΟΝΗ ΕΥΛΟΓΗΜΕΝΗ.

Tradução:
Debaixo de tua misericórdia nós nos refugiamos ó Mãe de Deus, nossas preces não desprezes nas nossas necessidades, mas dos perigos livra-nos. Única pura, Única abençoada.

Este hino foi encontrado em uma Igreja Ortodoxa Copta na liturgia do Natal no terceiro século. Ele é escrito em grego e é datado de cerca de 250 d.C.  É usado na liturgia copta até hoje, assim como na Bizantina, ambrosiana, e nas liturgias romanas. Era parte de costume sulpiciano que todas as classes terminassem com uma recitação desta oração. Hoje está oração é conhecida como “Sub Tuum Praesidium” que é recitada nas completas.

Este manuscrito do século III está na Universidade de Manchester na Inglaterra, universidade de origem protestante, portanto, acima de suspeitas,  e pode  Visto Na Biblioteca Online Desta Universidade:

BIBLIOGRAFIA

Matthewes-Green, Frederica (2007). The Lost Gospel of Mary: The Mother of Jesus in Three Ancient Texts. Brewster MA: Paraclete Press. pp. 85–87

Green, Br. Michael. “The History of the Sub Tuum”

http://www.ewtn.com/library/prayer/latrosar.htm

PARA CITAR


RODRIGUES, Rafael. A Mais Antiga Oração Dirigida A Maria Datada Do Ano 250 Disponível em: < http://apologistascatolicos.com.br/index.php/apologetica/santos/621-a-mais-antiga-oracao-dirigida-a-maria-datada-do-ano-250-dc&gt;. Desde 28/11/2013.

Nossa Senhora, espelho da perfeição Divina.

A Bem Aventurada Virgem Maria é uma promessa do Senhor desde o Antigo Testamento. O Antigo Testamento é composto por várias alusões a vinda da Virgem Santíssima, nada mais comum, já que o AT prefigurava o que se realizaria no NT..
O Salmo 44, 10 nos fala de uma rainha “filhas de reis formam o vosso cortejo, se posta a vossa direita uma rainha ornada de ouro e de ofil”… Esse versículo faz uma alusão muito clara sobre o Apocalipse 12, 1, onde diz: “… apareceu em seguida um sinal no céu, uma mulher revestida de sol, a lua debaixo de seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas”…. Voltando no mesmo Salmo, no versículo 17, o salmista declara esta mística mulher como mãe de todos os povos e nações; “tomarão vossos filhos o lugar de vossos pais, vós os restabelecereis príncipes sobre toda a Terra” (salmo 44, 17)… O que nos é revelado no Evangelho de São João (19, 16) que diz: “quando Jesus viu sua mãe, e perto dela o discípulo que amava, disse a sua mãe: mulher eis aí o teus filho” .. “celebrarei vosso nome através das gerações e os povos vos louvarão eternamente, e Maria diz: por isso desde agora me proclamarão, bem aventuradas todas a gerações” (Lucas 1, 48)..

O profeta Isaías diz: “ Uma virgem conceberá e dará a luz” (Isaías 7, 14).. E no evangelho de Lucas Maria pergunta ao Anjo: “Como se fará isso? Pois não conheço o homem!”
Respondeu-lhe o Anjo: “O Espírito Santo descerá sobre ti e a força do Altíssimo te envolverá com sua sombra, por isso, o ente santo que nascer de ti será chamado Filho de Deus” (Lucas 1, 34-35).
O Livro de Cântico dos Cânticos nos fala “ uma só é minha pomba sem defeito, uma só a preferida”( Cânticos 6, 9) e o anjo confirma isso quando diz a Maria: “Ave cheia de graça, o Senhor é Contigo “ (Lucas 1, 28-31).. “Por isso o Próprio Senhor vos dará um sinal: Uma virgem conceberá e dará a luz a um filho, e o chamará Deus conosco. Ele Será nutrido com manteiga e mel até que saiba rejeitar o mal e escolher o Bem” (Isaías 7, 14-15)

Podemos Concluir que, o leite e mel que estão na língua de Maria são figuras simbólicas que representam o alimento dos ensinamentos, que serviria fundamentalmente para que o Filho de Deus que seria orientado pela virgem não contraísse o pecado, o profeta Isaías nos confirma isto quando diz que este alimento serviria para que ele consiga rejeitar o mal, ficando bem claro que somente sob uma orientação imaculada Jesus não contrairia nenhuma mácula, e rejeitaria qualquer pecado.

Autor: Rafael Mant